quarta-feira, 29 maio, 2024

Estação meteorológica em Pinhalzinho amplia o monitoramento ambiental

Compartilhe essa notícia:

Os dados da estação meteorológica já estão disponíveis para a sociedade de Pinhalzinho e região no site da Epagri/Ciram, na plataforma digital Agroconnect

Um termo de cooperação assinado nesta quarta-feira, 14, entre o Governo de Santa Catarina e cooperativas do Oeste catarinense vai ampliar o monitoramento agrometeorológico no estado realizado pela Empresa de Pesquisa Agropecuária e Extensão Rural de SC (Epagri). O acordo assegurou a instalação de uma estação meteorológica com telemetria no município de Pinhalzinho pelas cooperativas e prestação de serviços especializados na obtenção de dados climáticos pela Epagri/Ciram, órgão oficial responsável pelo monitoramento do tempo e do clima em SC.

A assinatura foi realizada na abertura da Itaipu Rural Show, em Pinhalzinho, pelo governador Jorginho Mello, além dos presidentes da Epagri, Dirceu Leite, da Cooperativa Regional Itaipu, Arno Pandolfo, do Sicoob Creditaipu, Carlos Alberto Utzig, da Mauê e Ceraça, José Samuel Thiesen, da Cresol, Romeu Both, e e do Sicredi Alto Uruguai, Angelita Cadoná.

De acordo com o gerente da Epagri/Ciram, Luis Hamilton Garbossa, a estação meteorológica de Pinhalzinho é completa e mede a radiação solar, temperatura, umidade relativa do ar, pressão atmosférica, velocidade e direção do vento, precipitação pluviométrica (chuva) e molhamento foliar para determinar a favorabilidade de doenças em culturas agrícolas. “Os dados coletados são enviados a cada hora para o banco de dados da Epagri/Ciram e lá são processados e transformados em informações importantes aos agricultores para tomadas de decisões no campo, como o planejamento de datas de plantio, colheita, adubação, entre outros, ajudando assim, a aumentar a eficiência na agricultura”, salienta Garbossa.

O presidente Dirceu Leite afirma que parcerias como essas são importantes para o Epagri adensar a rede de monitoramento ambiental do estado. “Conseguimos desta forma obter dados em locais onde antes não existia monitoramento. Nosso objetivo é ter uma distribuição de estações meteorológicas de forma estratégica pelo Estado para que todas as regiões sejam beneficiadas com essas informações, que hoje são imprescindíveis para a agricultura”, diz.

Os dados da estação meteorológica já estão disponíveis para a sociedade de Pinhalzinho e região no site da Epagri/Ciram, na plataforma digital Agroconnect.

LEIA MAIS

Governo de SC quer ampliar malha aeroviária no estado

Monitoramento do tempo em SC

Em Santa Catarina, o monitoramento agrometeorológico é realizado por uma rede de mais de 250 estações de monitoramento espalhadas estrategicamente por todo o território catarinense e mantidas pela Epagri/Ciram, órgão oficial responsável pelo monitoramento do tempo e do clima no estado. São mais de R$ 14 milhões em infraestrutura instalada no campo, que coleta dados 24 horas por dia e os transmite em tempo real para a sociedade. O trabalho envolve uma equipe de cerca de 40 profissionais multidisciplinares, muita tecnologia e investimentos contínuos na manutenção e na melhoria das estruturas.

Os dados geram informações sobre as condições do tempo e do mar, permitem a divulgação de avisos e alertas de situações adversas para a cidade e o campo, além de oferecer uma série de produtos para a agricultura.

Siga nas Redes Sociais

5,000FãsCurtir
11,450SeguidoresSeguir
260SeguidoresSeguir
760InscritosInscrever

Últimas Notícias

Notícias Relacionadas

Governo autoriza compra de 1 milhão de toneladas de arroz

O governo federal autorizou, através de medida provisória assinada pelo presidente Luiz Inácio Lula...

Veja como fica o tempo esta semana

A semana deverá ter mudança no clima no Oeste de Santa Catarina. A chuva...

Fapesc está com edital aberto

A Fundação de Amparo à Pesquisa e Inovação do Estado de Santa Catarina (Fapesc),...

Comboio de Chapecó volta a Chapecó

Equipe contabiliza semana de trabalho e solidariedade a Arroio do Meio, um dos municípios gaúchos duramente atingidos pela enchente
error: Este conteúdo é protegido !!