quarta-feira, 22 maio, 2024

Aumento de casos de covid geram alerta

Compartilhe essa notícia:

O tema covid-19 que para muitos já quase caiu no esquecimento, voltou a ser pauta nos meios de comunicação nos últimos dias.
Esta semana o boletim epidemiológico divulgado pela Diretoria de Vigilância Epidemiológica de Santa Catarina (Dive/SC) mostrou considerável crescimento nos casos de positivação de pessoas infectadas pelo vírus.
De acordo com o documento, houve um crescimento de oito vezes nos casos confirmados da doença no início do mês de outubro deste ano em comparação com o mês de agosto, quando foram registrados menos de 120 casos por semana.

Inserir gráfico com os dados mais recentes de Santa Catarina para facilitar a comparação

Ainda, segundo o alerta, a incidência da doença tem sido maior na população idosa a partir dos 60 anos, bem como a taxa de mortalidade. Nas primeiras duas semanas de outubro, dos 28 óbitos registrados pela doença, 18 eram pessoas com mais de 69 anos.
A gerente de doenças infecciosas agudas e imunização da Diretoria de Vigilância Epidemiológica (DIVE), Arieli Schiessl Fialho, ressalta que apesar desse número não ser tão expressivo quanto o de anos anteriores, como em 2020 e 2021, quando eram notificados milhares de casos por semana, é preciso reforçar as medidas de prevenção contra a doença para evitar a disseminação do coronavírus e a evolução para formas graves.

A Secretaria de Saúde de Chapecó também divulgou boletim onde informa que identificou na última semana um aumento no número de casos ativos de COVID-19.

Inserir gráfico com os dados mais recentes de Chapecó para facilitar a comparação

Até agora não há impacto no número de internações hospitalares. Os casos confirmados tratam-se de quadros de síndrome gripal leve, sendo resultado direto da alta cobertura vacinal contra a COVID-19, obtida no município.
A secretaria ainda destacou que é importante que a população continue se vacinando. A vacinação é a principal ferramenta para controlar a disseminação do vírus e evitar casos graves da doença.
A imunização é gratuita e está disponível nos postos de saúde. A vacina contra a COVID-19 provou ser altamente eficaz na prevenção de complicações e internações hospitalares. Recomenda-se a todos os elegíveis que ainda não foram vacinados a agendarem sua vacinação o mais breve possível.

A nota ainda informa que a Secretaria de Saúde permanecerá atenta ao cenário epidemiológico e adotará medidas adequadas conforme necessário. É oportuno que essas orientações sejam compartilhadas com amigos e familiares, enfatizando a importância da vacinação como uma estratégia segura no enfrentamento contra a COVID-19.

Veja o quadro que apresenta os dados atuais da covid-19 em Chapecó, Santa Catarina e Brasil

Siga nas Redes Sociais

5,000FãsCurtir
11,450SeguidoresSeguir
260SeguidoresSeguir
760InscritosInscrever

Últimas Notícias

Notícias Relacionadas

Prefeitos catarinenses adotam cidades gaúchas e reforçam ajuda

A iniciativa começou pelo prefeito Paulinho, de Bombinhas, que adotou Eldorado do Sul, e...

Campanha do Agasalho inicia no próximo sábado

O lançamento e o dia D de arrecadação da Campanha do Agasalho serão no...

Caixa libera abono do PIS/Pasep para nascidos em maio e junho

Cerca de 4,4 milhões de trabalhadores com carteira assinada nascidos em maio e junho...

Meteorologia prevê chuva intensa e volumosa para o final de semana em SC

Entre a noite da sexta-feira, 17, e a madrugada do domingo, 19, a passagem...
error: Este conteúdo é protegido !!