domingo, 14 julho, 2024

Brasileiro gastará em média R$ 322 com alimentação no Natal

Compartilhe essa notícia:

44% devem passar a data em casa e 30% dizem que cada pessoa contribuirá com um valor para dividir a comemoração. 62% vão comprar roupa ou sapatos novos para a celebração do Natal. Dados são de pesquisa realizada pela CNDL/SPC Brasil.

A ceia de Natal e os eventos de celebração da data são uma tradição das famílias brasileiras. Um levantamento realizado em todas as capitais pela Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL) e pelo Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil), em parceria com a Offerwise Pesquisas, revela que o consumidor deve desembolsar, em média, R$ 322 com os preparativos da ceia e/ou do almoço de Natal.

Os dados também mostram que 99% dos entrevistados pretendem celebrar o Natal, sendo que 44% devem comemorar em casa, 18% na casa dos pais e 16% na casa de outros parentes.

Além disso, para 30% dos entrevistados cada pessoa/família contribuirá com um valor, 28% pretendem dividir as despesas com cada pessoa/família levando um prato e 12% pretendem arcar com todas as despesas da comemoração.

O presidente da CNDL, José César da Costa, destaca a importância da celebração do Natal, mas também de se manter atento aos gastos nesta época do ano.

“Esta é uma época de muitas comemorações e trocas de presentes. As famílias mantêm a tradição de realizar as ceias e os almoços. Para que tudo isso não pese no bolso, os consumidores podem usar a criatividade para não sair do orçamento. As brincadeiras de troca de presentes e a divisão da ceia entre os participantes são excelentes opções”, orienta.

O levantamento revela ainda a intenção das pessoas em comprar alguma roupa, sapato ou acessórios novos para usar no Natal. Em cada dez brasileiros que vão celebrar a data, seis (62%) disseram que vão comprar alguma peça nova de vestuário ou acessório, sobretudo as mulheres. O gasto médio previsto deve ser de R$ 297.

Metodologia

Público-alvo: Consumidores das 27 capitais brasileiras, homens e mulheres, com idade igual ou maior a 18 anos, de todas as classes econômicas (excluindo analfabetos) e que pretendem comprar presentes para o Natal.

Método de coleta: pesquisa realizada via web e pós-ponderada por sexo, idade, estado, renda e escolaridade.

Tamanho amostral da Pesquisa: 755 casos em um primeiro levantamento para identificar o percentual de pessoas com intenção de comprar presentes no Natal. Em seguida, continuaram a responder o questionário 633 casos, que tinham a intenção de comprar presente no Natal. Resultando, respectivamente, uma margem de erro no geral de 3,6 p.p e 3,9 p.p para um intervalo de confiança a 95%.

Período da coleta dos dados: 19 a 27 de outubro de 2023.

Fonte: RCN

Para mais notícias de Chapecó, Santa Catarina e do Brasil, acesse a Folha Desbravador e continue informado!

Siga nas Redes Sociais

5,000FãsCurtir
11,450SeguidoresSeguir
260SeguidoresSeguir
760InscritosInscrever

Últimas Notícias

Notícias Relacionadas

Operadoras de jogos online deverão prevenir lavagem de dinheiro

Medida foi publicada nesta sexta no Diário Oficial As empresas operadoras dos sites de apostas...

Estudo mostra uso de inteligência artificial na detecção de fake news

Ferramenta garante precisão de 94% Uma pesquisa desenvolvida na Universidade Federal Fluminense (UFF) desenvolveu um...

Sicoob ultrapassa 1,5 milhão de cooperados

O Sicoob SC/RS alcançou em junho 1,5 milhão de cooperados, distribuídos em 470 municípios...

Setor de Serviços fica estável em maio, diz IBGE

No acumulado de 2024 pesquisa mostrou crescimento de 2,0% Após dois meses seguidos de alta,...
error: Este conteúdo é protegido !!