quarta-feira, 29 maio, 2024

Cresce, em fevereiro, número de setores industriais confiantes

Compartilhe essa notícia:

Os Resultados Setoriais do Índice de Confiança do Empresário Industrial (ICEI) de fevereiro mostram que os empresários industriais de 25 dos 29 setores analisados estão confiantes em 2024. O dado apresentado na pesquisa da Confederação Nacional da Indústria (CNI) é o mais alto desde outubro de 2022 e mostra que a confiança está bem disseminada na indústria. A instituição consultou 2.033 empresas, entre os dias 1º e 16 de fevereiro de 2024.

De forma mais detalhada, a confiança aumentou em 14 setores, caiu em outros 14 e se manteve estável em um setor: Extração de minerais não metálicos. Com isso, apenas quatro dos 29 setores analisados ficaram com o índice de confiança abaixo dos 50 pontos, que separa a confiança da falta de confiança.

“Apesar da divisão quase igual entre o número de setores que ganharam e perderam confiança em fevereiro, alguns setores que ganharam confiança estão entre aqueles que não estavam confiantes em janeiro e nos meses anteriores”, explica a economista da CNI, Larissa Nocko.

Três setores da indústria saíram da falta de confiança para a confiança. São eles: Produtos de borracha (51,1 pontos); Equipamentos de informática, eletrônicos e ópticos (50,3 pontos); e Couro e artefatos do couro (50,3 pontos). De acordo com a pesquisa, apenas o setor de Móveis retrocedeu no nível de confiança e está abaixo da linha de 50 pontos (47,1 pontos).

Confiança da indústria por porte

De acordo com o ICEI Resultados Setoriais, as médias empresas industriais se mostraram mais confiantes (+0,1 ponto) em fevereiro para 52,5 pontos, enquanto as de grande e as de pequeno porte assinalaram redução de confiança de, respectivamente, 0,5 ponto (54,9 pontos) e 0,7 ponto (50,5 pontos).

Apesar disso, todos os portes seguem com índices de confiança acima da linha divisória de 50 pontos.

Confiança por região

A confiança da indústria avançou nas regiões Centro-Oeste (+1,2 ponto, para 54,8 pontos) e Sul (+0,4 ponto, 50,6 pontos) e ficou, praticamente, inalterada nas regiões Sudeste (estável em 52,6 pontos) e Norte (-0,1 ponto, para 54,7 pontos) de janeiro para fevereiro. No Nordeste houve uma redução de confiança de 2,9 pontos, mas a região segue com o maior índice de confiança do país, com 55,8 pontos.

Todas as regiões apresentam indicador acima da linha de 50 pontos.

Resultados setoriais do ICEI

ICEI, como um indicador antecedente do desempenho industrial, sinaliza as mudanças de tendência de variáveis como a produção industrial, o emprego e os investimentos na indústria. O ICEI Setorial apresenta os resultados da indústria extrativa, da construção e da transformação. A publicação também disponibiliza índices de confiança para os três portes de empresa (pequeno, médio e grande) e para as cinco regiões geográficas do país.

Siga nas Redes Sociais

5,000FãsCurtir
11,450SeguidoresSeguir
260SeguidoresSeguir
760InscritosInscrever

Últimas Notícias

Notícias Relacionadas

Apenas 30% dos professores da rede estadual são efetivos

Santa Catarina fica para trás nos indicadores nacionais quando o assunto é educação. O...

Unochapecó discute saúde mental

Com o objetivo de ampliar o espaço de discussão sobre saúde mental e despertar...

Polícia Científica apresenta trabalhos em sessão da Câmara

Os atendimentos, a estrutura e a nova sede da Polícia Científica de Chapecó, foram...

Verdão Futsal perde fora de casa

Equipe do Oeste é vice-líder da Série Prata de SC. Próximo compromisso é dia 15
error: Este conteúdo é protegido !!