domingo, 19 maio, 2024

Ordenhas para o Torneio Leiteiro iniciaram nesta quinta-feira

Compartilhe essa notícia:

Divulgação/ João Vitor dos Santos

O tradicional Torneio Leiteiro acontece durante a Exposição Feira Agropecuária, Industrial e Comercial de Chapecó (Efapi). A competição é organizada pela Associação Catarinense de Criadores de Bovino – ACCB, que apoia exposições agropecuárias e promove além do Torneio, julgamento morfológico dos animais. Quatro ordenhas são feitas durante a feira entre os dias 12 e 13 de outubro. A premiação será realizada no sábado 14, à tarde.

Produtor e presidente da ACCB, Enedi Zanchet, explica que as ordenhas ocorrem a cada oito horas. “A maior delas é descartada, pois não temos absoluta certeza de que a primeira foi feita no horário certo, essa geralmente é a maior, por isso não é usada”, comenta Enedi.

A fiscalização das ordenhas é feita pela comissão organizadora da ACCB e quem contabiliza é a comissão julgadora, esclarece o secretário do Desenvolvimento Rural de Chapecó e coordenador da comissão de agropecuária da Efapi, Mauro Zandavalli. Ele também agradece os produtores que tiveram a sensibilidade de participar da feira, expositores de todas as regiões do estado, além de algumas cidades do Sul do país.

Participantes e expectativas

Participante do torneio e produtor, Marcos Souza de Freitas, morador de Santa Rosa, no Rio Grande do Sul, se envolve na competição com a Cabanha Gema pela primeira vez na Efapi, mas diz ser expositor desde 2004. ”A expectativa é de dar de 32 a 34 litros no total em nossa vaca”, fala Marcos. O animal da raça Jersey que o participante trouxe para o torneio nesta edição se chama Gema Rúcula Jaca Topsy. A nomeação padrão que a cabanha segue é na ordem: cabanha, nome, nome da mãe e nome do pai, respectivamente. Marcos ainda diz que localiza os animais conforme a primeira letra do nome. ”Aqueles que iniciam com a letra R, nasceram em 2021”, finaliza ele.

Roni Damiao Mezzalira, de Guarujá do Sul, participa com a vaca da raça Holandesa Mezzalira Doc 194 e na segunda ordenha do dia, produziu 24.40 litros de leite. Roni compete pela quarta vez e está com boas expectativas. ”Me sinto tranquilo, estou com os melhores animais comparando com as outras exposições que participei. O pessoal aqui da feira é bem organizado, a gente tem um bom apoio deles”, completa Roni.

Último ganhador do torneio de 2017, Enedi Zanchet também participa com a vaca Jersey, chamada Timbaúba 272 Gerânio Iatola. O produtor possui cerca de 120 animais na propriedade, sendo 65 leiteiros. ”Minha expectativa é ganhar, em qualquer situação eu entro pra ganhar, mas perdi muito mais que ganhei”, brinca Enedi. No sábado, após encerrar o julgamento, haverá o tradicional banho de leite para o vencedor.

Texto: Luísa Knorst Deotti

Siga nas Redes Sociais

5,000FãsCurtir
11,450SeguidoresSeguir
260SeguidoresSeguir
760InscritosInscrever

Últimas Notícias

Notícias Relacionadas

error: Este conteúdo é protegido !!