quarta-feira, 29 maio, 2024

Dia Nacional de Mobilização e combate à dengue

Compartilhe essa notícia:

No sábado 02, Chapecó participou das atividades do Dia Nacional de Mobilização e Combate à Dengue. Foi um mutirão de combate ao mosquito em diversos bairros da cidade. O objetivo foi eliminar criadouros e orientar a população.

No bairro Santo Antônio foram realizadas 293 visitas e no Jardim Itália foram 301 visitas. As equipes compostas por 250 Agentes Comunitários de Saúde e mais 80 Agentes de Combate as Endemias, realizaram a vistoria de 964 depósitos, eliminaram 369 pontos de criação, realizaram tratamentos com larvicida em 22, atenderam 8 termos de adequação, atenderam denúncias abertas e fizeram a vedação e tratamento de 16 caixas de água/cisternas. Além disso, as equipes também vistoriaram 19 Pontos Estratégicos e realizaram atividades de Educação em Saúde.

Também durante as atividades do Dia Nacional, os bairros Santo Antônio, Jardim Itália e Passo dos fortes receberam a borrificação com o equipamento veicular com biolarvicida.

De acordo com o Secretário de Saúde de Chapecó, Jader Danielli, as ações acontecem todos os dias, e nos finais de semana, é um horário alternativo para encontrar os moradores que não estão em casa durante a semana. Comparando os números nacionais e estaduais, Chapecó encontra-se em uma situação controlada, mas precisamos seguir com as atividades já que temos casos confirmados da doença”, comentou. Ele falou ainda que nos últimos dias, o município começou a utilizar o drone, e que a ação está trazendo grandes resultados. O drone pulverizador tem sido um grande aliado nas ações de combate, pois atua com rapidez e consegue alcançar locais de difícil acesso, como por exemplo, as residências fechadas, calhas , caixas de água e cisternas superiores, afirmou.

O Gerente de Vigilância em Saúde de Chapecó, Rodrigo Momoli, as ações realizadas pelas equipes envolvem a orientação sobre a dengue e identificando possíveis focos, orientando a população de eliminá-los imediatamente ou, em caso de impossibilidade, encaminhando para os técnicos da vigilância ambiental e sanitária para as tratativas legais. É importante a conscientização de cada morador. Dengue é uma doença grave e mata, no estado já amargamos 12 óbitos desde janeiro de 2024, comentou. Importante ainda, segundo ele, destacar os sintomas da doença que incluem a dor no corpo, no fundo dos olhos, febre alta e persistente, acima de 38 graus, bem como dor muscular. Quem apresentar esses sintomas, precisa se hidratar, e procurar o serviço de saúde para avaliação. Sem esquecer sempre, do uso do repelente que é um grande aliado para evitar o contágio da doença, destacou.

Siga nas Redes Sociais

5,000FãsCurtir
11,450SeguidoresSeguir
260SeguidoresSeguir
760InscritosInscrever

Últimas Notícias

Notícias Relacionadas

Governo autoriza compra de 1 milhão de toneladas de arroz

O governo federal autorizou, através de medida provisória assinada pelo presidente Luiz Inácio Lula...

FAESC comemora aprovação de lei anti-invasão de propriedades

Presidente da Federação da Agricultura e Pecuária do Estado de Santa Catarina (FAESC), José...

Bancos não atenderão no feriado de Corpus Christi

Agências bancárias em todo o país não terão atendimento presencial ao público nesta quinta-feira (30),...

Renegociação do Desenrola Fies termina na próxima sexta

O prazo para solicitar condições especiais de renegociação do Desenrola Fies vence na próxima...
error: Este conteúdo é protegido !!