quarta-feira, 29 maio, 2024

Governador garante liberação de R$ 631 milhões de crédito junto ao BNDES

Compartilhe essa notícia:

Divulgação

O governador Jorginho Mello solicitou, na tarde da terça-feira 07, ao presidente do BNDES (Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social), Aloizio Mercadante, R$ 631 milhões da linha de credito do programa “Estrada Boa” para execução de obras de infraestrutura em mais de 60 trechos de rodovias de Santa Catarina. O presidente do BNDES garantiu que agora é só marcar a data para assinatura do contrato e liberar os recursos para Santa Catarina.

“No total já foram aprovados R$ 1,5 bilhão pela Assembleia Legislativa e pelo banco, nós já utilizamos R$ 400 milhões e agora estamos pedindo essa segunda etapa, para que a gente possa acelerar a construção e revitalização de todas as estradas de Santa Catarina”, destacou Jorginho Mello.

O governador ainda solicitou um aporte para o BRDE (Banco Regional de Desenvolvimento do Extremo Sul) para auxiliar na reconstrução dos municípios que sofreram com as chuvas recentes na região.

“O BRDE vai nos ajudar com R$ 200 milhões para que para que a gente possa auxiliar as micro e pequenas empresas e o pequeno agricultor, vamos fazer um Pronampe (Programa Nacional de Apoio às Microempresas e Empresas de Pequeno Porte) emergencial. Temos um prejuízo na agricultura de Santa Catarina de mais de R$ 2,5 bilhões. Estamos aqui para liberar recursos que o estado precisa e tem direito”, finalizou o governador.

Em Brasília, governador Jorginho Mello garante liberação de R$ 631 milhões de crédito junto ao BNDES para estradas de Santa Catarina

Do “Estrada Boa” estão incluídas a SC-281 (trecho Ituporanga-Atalanta e São Pedro de Alcântara-Angelina); SC-156 (São Domingos Divisa PR-SC e Contorno de São Domingos); SC-465 (trecho Macieira, entrada SC-464 (p/Arroio Trinta); SC-150 (trecho entrada SC-467- para Zortéa – entrada SC-390 – p/ Piratuba); SC-355 (trecho entrada Br-282 (Catanduvas)- Jaborá; SC-283 – trecho Chapecó Entrada Arvoredo).

Acompanharam o governador na audiência no BNDES, o secretário da Fazenda, Cleverson Siewert; o secretário adjunto da Infraestrutura e Mobilidade, Ricardo Grando; o presidente do BRDE, João Paulo Kleinubing, a secretária de Articulação Nacional (SAN), Vânia Franco; a senadora Ivete da Silveira, e o representante do senador Esperidião Amin, Amaro Lúcio da Silva.

Siga nas Redes Sociais

5,000FãsCurtir
11,450SeguidoresSeguir
260SeguidoresSeguir
760InscritosInscrever

Últimas Notícias

Notícias Relacionadas

error: Este conteúdo é protegido !!