quarta-feira, 21 fevereiro, 2024

Operação Sem Conexão é deflagrada em Chapecó

Compartilhe essa notícia:

Um mandado de busca e apreensão foi cumprido na tarde de segunda-feira (22/1). Durante o cumprimento, foram apreendidos equipamentos de internet supostamente utilizados para transmissão de sinal de wi-fi para detentos do complexo penitenciário

O Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (GAECO), em apoio à 14ª Promotoria de Justiça de Chapecó, cumpriu, na tarde da última segunda-feira (22/1), um mandado de busca e apreensão em uma residência localizada nas proximidades do Complexo Prisional, situado no Bairro Efapi, em Chapecó. A ação deflagrada tem com o objetivo identificar os envolvidos e combater o suposto fornecimento ilegal de sinal de internet para detentos do complexo.  

A investigação apontou que uma antena de internet de longo alcance estaria sendo utilizada para transmitir sinal de Wi-Fi para o interior do complexo prisional, facilitando a comunicação dos detentos com o mundo externo de maneira ilegal e, inclusive, para orquestrar e organizar novos crimes. No local das buscas foram apreendidos equipamentos de internet que seriam utilizados para a transmissão do sinal de wi-fi. 

  LEIA TAMBÉM

Gaeco cumpre mandados de busca e apreensão no Oeste

No Faxinal dos Rosa, Polícia cumpre mandado de prisão por roubo

Homem é condenado a 39 anos por duplo homicídio

A operação foi batizada de ‘Sem Conexão’ em alusão direta ao seu principal objetivo: interromper a comunicação ilegal dos detentos com o mundo externo, cortando a fonte de seu sinal de internet. O cumprimento do mandado de busca e apreensão contou com o apoio do Canil da Polícia Civil, agentes da Polícia Penal e peritos da Polícia Científica.   

O GAECO é uma força-tarefa composta, em Santa Catarina, pelo Ministério Público, Polícia Militar, Polícia Civil, Polícia Rodoviária Federal, Polícia Penal, Receita Estadual e Corpo de Bombeiros Militar, que conta também com apoio da Polícia Científica e tem como finalidade a identificação, prevenção e repressão às organizações criminosas.   

A investigação tramita em sigilo e, assim que houver a publicidade dos autos, novas informações poderão ser divulgadas.

Siga nas Redes Sociais

5,000FãsCurtir
11,450SeguidoresSeguir
260SeguidoresSeguir
760InscritosInscrever

Últimas Notícias

Notícias Relacionadas

Mega-Sena sorteia nesta terça-feira prêmio acumulado em R$ 87 milhões

Apostas podem ser feitas até 19h em lotéricas ou pela internet As seis dezenas do...

Homem com mandado de prisão é encaminhado ao presídio de Chapecó

A PM recebeu informação da localização do homem e do mandado em seu desfavor  Na...

Investigação da Polícia Civil resulta em prisão de mulher foragida

A mulher foi localizada no estado do Rio Grande do Sul após troca de...

Mega-sena acumula e tem prêmio estimado em R$ 58 milhões

Números sorteados foram 12, 17, 33, 41, 46 e 54 Ninguém acertou as seis dezenas...