quinta-feira, 29 fevereiro, 2024

Oeste de SC é a região mais impactada pela chuva

Compartilhe essa notícia:

O governador Jorginho Mello foi à sede da Secretaria de Estado da Proteção e Defesa Civil (SDC), em Florianópolis, neste sábado, 18, para avaliar a situação das chuvas que, mais uma vez, afetam Santa Catarina. De acordo com o relatório emitido pela Defesa Civil, desde o dia 14 de novembro, 62 municípios registraram ocorrências relacionadas com fortes chuvas, temporais, inundações, vendavais, alagamentos, granizo e enxurradas.

A região Oeste continua sendo a mais impactada. Até o momento, como consequência das fortes chuvas, ocorreram três óbitos, sendo duas mulheres, no município de Taió, no dia 16 de novembro, e um homem em Palmitos, na noite de sexta-feira, 17. Uma pessoa está desaparecida em Praia Grande. Ainda há informações de ocorrências que ainda não foram reportadas para a SDC pois as equipes técnicas estão em atendimento nos municípios.

“Mal nos recuperamos da chuva de outubro e infelizmente já fomos atingidos por mais fortes chuvas. Estamos em trabalho com todos os órgãos que possam auxiliar a população, reforçando o efetivo nas regiões que foram decretadas Situação de Emergência, para assim auxiliar ao máximo todos os atingidos. A nossa Defesa Civil estará sempre acompanhando a situação de todos os município”, disse o governador.

Decretos de Situação de Emergência

Em decorrência das fortes chuvas, 64 municípios estão em situação de emergência, sendo oito em estado de calamidade pública: Rio do Sul, Rio do Oeste, Vidal Ramos, Pouso Redondo, Trombudo Central, Agrolândia, Botuverá e São João Batista.

Boletim Meteorológico

Os municípios com maiores volumes acumulados de chuva nas últimas 72h são Agrolândia (339.5 mm), Aurora (333.1 mm), Trombudo Central (320.7 mm) e Ituporanga (316.0 mm). Nessas cidades, nas últimas 72h, choveu mais do que o dobro esperado pela climatologia em novembro. 

Ainda, neste sábado, 18, a SDC emitiu um aviso meteorológico para temporais e outro rajadas de vento. No Litoral Sul, a chuva deve ser mais volumosa comparado às demais regiões, com acumulados entre 40 mm e 70 mm previstos até o final do dia.

Quanto às rajadas de vento, o avanço de uma frente fria provoca ventos fortes pelo estado, com rajadas entre 50 km e 80 km de direção noroeste, virando para sul conforme o sistema avança.

É importante ressaltar que as previsões do tempo podem sofrer alterações, e precisam ser acompanhadas diariamente. Os órgãos seguem em monitoramento constante das condições meteorológicas e hidrológicas no estado de Santa Catarina e recomendamos sempre acompanhar diariamente a previsão do tempo e os avisos e alertas emitidos por fontes oficiais.

Abrigos

Energia elétrica em SC

Situação das rodovias catarinenses

:: Acesse aqui o mapa digital da Secretaria de Estado de Infraestrutura e Mobilidade (SIE), com a situação das rodovias estaduais em tempo real.

Texto e fotografias: Secom SC

Siga nas Redes Sociais

5,000FãsCurtir
11,450SeguidoresSeguir
260SeguidoresSeguir
760InscritosInscrever

Últimas Notícias

Notícias Relacionadas

Veneno de aranha brasileira vira esperança contra câncer

Pesquisa realizada há mais de 20 anos detectou no organismo de espécie típica do...

Operação da Polícia Civil realiza várias apreensões no Bairro Efapi

Ação faz parte de enfrentamento a delitos que vem ocorrendo no bairro e preocupando...

Hoje é dia de Chape na Arena Condá

Veja quem são os relacionados pelo técnico Umberto Louzer para esse importante confronto A Chapecoense...

Homem morre após colidir motocicleta em poste de energia 

Segundo os bombeiros com o impacto do acidente a moto teria incendiada Por volta da...