quinta-feira, 29 fevereiro, 2024

Último mês para renegociar dívidas de clientes com vantagens especiais com a Celesc

Compartilhe essa notícia:

Divulgação

Clientes ativos e inativos que possuem débitos com a Celesc estão tendo a oportunidade de renegociação de dívidas no programa “Celesc Conta em Dia”, que adentra seu último mês. Durante este período, são disponibilizadas condições especiais para a regularização de débitos, de maneira acessível e facilitada, em condições mais benéficas que no restante do ano. Para aderir, é essencial que o cadastro esteja atualizado junto à Companhia, e o cliente deve dirigir-se a uma das lojas de atendimento da Celesc.

O presidente da Celesc, Tarcísio Rosa, explica que no decorrer do programa, estão sendo oferecidas condições como o parcelamento dos débitos vencidos, ajuizados e/ou não ajuizados, mediante pagamento de entrada de no mínimo 10% e o saldo restante em até 24 parcelas. “Além disso, os clientes tem isenção da cobrança de multa por inadimplência e juros pretéritos (acumulados até o momento)”, ressaltou o presidente.

Nas negociações, o valor de emissão será corrigido monetariamente conforme prevê Resolução Normativa ANEEL nº 1.000/2021. Nas parcelas, incidirão apenas juros compensatórios de 1% a.m.

O programa também prevê que consumidores que possuam parcelamentos vencidos não pagos e a vencer poderão renegociar seus débitos sem a necessidade de apresentação de garantias. No entanto, aqueles que estiverem inadimplentes em parcelamento realizado com benefício de isenção de multa e juros de programas anteriores não poderão aderir a novo parcelamento.

Serviço

Programa Celesc Conta em Dia, Quando: de 6 de novembro até 31 de dezembro, Onde: Lojas de atendimento da Celesc em todo o Estado, O que levar: Documento de identificação (CPF, RG ou CNH)

https://www.sicredi.com.br/home/

Siga nas Redes Sociais

5,000FãsCurtir
11,450SeguidoresSeguir
260SeguidoresSeguir
760InscritosInscrever

Últimas Notícias

Notícias Relacionadas

Desempenho da indústria da construção cai, mas fica acima do esperado para janeiro

Pesquisa da CNI, em parceria com a CBIC, aponta que queda da atividade e do emprego na passagem de dezembro de 2023 para janeiro de 2024, no entanto o recuo foi mais brando do que a média do mês

Dois são presos por tráfico de drogas

Os homens foram vistos saindo de um local onde é recorrente a atividade de...

Operação da Polícia Civil realiza várias apreensões no Bairro Efapi

Ação faz parte de enfrentamento a delitos que vem ocorrendo no bairro e preocupando...

Mais de 250 Ciclistas participam de competições

Foram realizadas neste final de semana, sábado 24 e domingo 25, duas importantes competições...