A pandemia de Coronavírus afetou diretamente uma série de negócios no mundo todo. E entre os setores que mais sentem este efeito está o de eventos. Artistas, empresários e uma série de profissionais que dependem desta atividade estão precisando se reinventar para manter-se no mercado.


O Parque de Diversões e Circo Pop Star está em Chapecó há dois meses. A empresa busca formas de levar adiante o empreendimento iniciado pela família. Já se vão 55 anos de picadeiro, na rotina de cativar sorrisos e sustentar vidas entre gargalhadas e sorrisos do público. O malabarismo vai muito além do palco.

Claudio Bombazaro recebeu nossa reportagem esta semana para falar dos desafios enfrentados no dia a dia e, de modo ainda mais intenso, em tempos de pandemia que suspendeu eventos.