A Grande Efapi segue como o bairro de Chapecó com o maior número de pessoas contaminadas por Coronavírus. Mas é também neste bairro que está a maior parte das pessoas recuperadas pela doença.

No boletim oficial divulgado pela Secretaria de saúde do município agora à tarde a região com mais de 60 mil pessoas aparece no topo das duas listas.

Um cruzamento de dados feitos pela Folha Desbravador mostra um comparativo entre confirmados e ativos. A diferença entre os dois.

Dados são da Secretaria de Saúde – Arte Folha Desbravador

O grupo chamado de “Grande Efapi” soma os dados contabilizados como Alta Floresta, Jardim do Lago e Efapi, que são as três unidades de saúde do bairro. Até às 10h de 30 de julho eram 1.373 contaminados nesta região. Já o total de ativos era de 242, o que significa que 1.131 pessoas moradoras desta região que já tiveram diagnóstico confirmado para a doença estão recuperados. A proporção é de 82,37%.

Na sexta, 24 eram 1.222 casos confirmados ao passo que o número de ativos era de 134 e o de recuperados, de 1.088, numa proporção de 89,03%

Segundo dados do Município, o posto de saúde do loteamento Alta Floresta tem 10.691 usuários cadastrados, o do Jardim do Lago, 7.764 e o da Efapi, por 23.150 pessoas. Juntas as três unidades de saúde têm 41.605 pessoas cadastradas. No entanto a estimativa é que a região tenha população próxima a 60 mil habitantes e a diferença de quase 20 mil pessoas seria o público que não estaria cadastrado nestas três unidades de saúde.