sexta-feira, 23 fevereiro, 2024

Confiança do industrial catarinense cai

Compartilhe essa notícia:

Divulgação

Em outubro, o Índice de Confiança do Empresário Industrial (ICEI) de Santa Catarina registrou 47,1 pontos valor 3,1 pontos menor do que o registrado em setembro (50,2 pontos). O resultado voltou a ficar abaixo da linha dos 50 pontos, o que indica falta de confiança do empresário catarinense na economia. Os dados foram analisados pelo Observatório FIESC.

No mês, os dois componentes que formam o ICEI registraram queda no estado: o componente de Condições Atuais (sentimento do industrial em relação aos seis últimos meses) recuou 2,5 pontos, e o de Expectativas Futuras (percepção do industrial em relação aos próximos seis meses) diminuiu 3,4 pontos.

Em relação ao componente que mede a percepção atual da economia, desde dezembro de 2022 o índice vem apontando cenário de piora nas condições atuais por parte do industrial catarinense. Isso se deve, principalmente, aos efeitos defasados do aperto monetário na economia brasileira, que reduziu os investimentos em capital fixo e a disponibilidade de crédito na economia.

Soma-se a isso a queda das exportações catarinenses em setembro, ocasionada especialmente pela desaceleração econômica dos principais parceiros comerciais catarinenses. A Europa e os Estados Unidos, por exemplo, estão com políticas ativas de aumento nas taxas de juros, em decorrência da persistência do processo inflacionário em suas economias, mostra a análise, destacando que a China mostra sinais de que sua crise imobiliária possa restringir seu crescimento econômico.

Resultado nacional: O resultado nacional em outubro foi de 50,5 pontos — valor 1,4 ponto menor que o registrado em setembro. Apesar disso, o índice continua demonstrando sentimento de confiança do empresário nacional, ainda que esteja menos disseminado entre eles.

Siga nas Redes Sociais

5,000FãsCurtir
11,450SeguidoresSeguir
260SeguidoresSeguir
760InscritosInscrever

Últimas Notícias

Notícias Relacionadas