quarta-feira, 17 abril, 2024

Chapecó abrirá unidade temporária para Covid e Dengue

Compartilhe essa notícia:

A partir de amanhã, quarta-feira 06, a Secretaria de Saúde de Chapecó terá um novo Ambulatório para atendimento de pacientes com sintomas de Dengue e Covid, anexo ao Centro de Saúde do bairro SAIC. A unidade fica na rua João XXIII, n. 74 e atenderá das 8h às 18h, de segunda à sexta-feira, sem fechar ao meio dia.

A estrutura contará com equipe técnica de médicos, enfermeiros e auxiliares de enfermagem.

De acordo com o secretário de Saúde, Jader Danielli, diante do aumento de casos de Dengue e Covid a estrutura foi criada para complementar o atendimento dos usuários sintomáticos, ampliando os atendimentos que já vem sendo realizados nos Centros de Saúde da Família (CSF) e nos serviços de urgências: Unidade de Pronto Atendimento – UPA e Pronto Atendimento Efapi – PA Efapi.

Na última semana houve um aumento de 30% nos atendimentos tanto nas unidades de Atenção Básica, quanto nas unidades de Urgência e Emergência, que são a UPA 24h e o PA do Verdão.

Atualmente, Chapecó registra 124 casos de dengue e 617 casos ativos de covid, não havendo pacientes internados.

Na semana passada, após o aumento dos números e reunião com o prefeito João Rodrigues, a equipe técnica da Secretaria de Saúde, reativou a Sala de Situação, que é formada por grupo que avaliará constantemente os casos, números e cenários para propor ações e estratégias para o combate e atendimento dos pacientes.

De acordo com o Secretário de Saúde, Jader Danielli, a situação não é grave mas de alerta e por isso as equipes já preveem estratégias para enfrentar o cenário.

Ele orienta a população para que em casos de sintomas, procurem a unidade básica de saúde do bairro, ou ainda o serviço de telemedicina. Também tem, segundo ele, os serviços de urgência e emergência, que podem prestar o atendimento. “Não queremos gerar pânico nas pessoas, mas sim, alertar. Em casos de sintomas, procurar atendimento médico. Lembrar do uso do álcool em gel e da máscara, e não esquecer do repelente e da constante hidratação”, comentou.

Entre as estratégias da equipe estão o aumento da capacidade de atendimento na Atenção Básica, observando os casos, realização de monitoramento e busca ativa dos pacientes, promover o alinhamento dos fluxos entre os serviços de saúde, capacitação dos profissionais, disponibilização de exames laboratoriais e testes. “Em caso de aumento na demanda por atendimento, estamos avaliando ainda a possibilidade de ampliação nos horários de atendimento e abertura de novo espaço”, afirmou.

Siga nas Redes Sociais

5,000FãsCurtir
11,450SeguidoresSeguir
260SeguidoresSeguir
760InscritosInscrever

Últimas Notícias

Notícias Relacionadas

Operação “Sodalitas Finis”: GAECO deflagra terceira fase

Estão sendo cumpridos 37 mandados de busca e apreensão e 36 mandados de prisões...

“O torcedor pode esperar uma equipe muito competitiva”, diz Foguinho

Esta semana marca a estreia da Chapecoense no Campeonato Brasileiro Série B de 2024....

Festival balseiros da canção nativa definem finalistas

Após minuciosa avaliação de uma experiente banca presidida por Jauro Gehlen e composta por...

Casos de abusos contra menores repercutem em sessão

A informação de que Santa Catarina ocupa, em números absolutos, a 4ª posição no...
error: Este conteúdo é protegido !!