Foto: Folha Desbravador

A administração municipal de Chapecó realizou coletiva de imprensa ontem para avaliar os seis primeiros meses de governo. Questões ligadas à Covid-19 e o anúncio de novas obras pautaram o encontro realizado no auditória da prefeitura. Saúde, Educação, Infraestrutura e Lazer são as principais áreas.

SAÚDE

Em agosto, mês de aniversário de Chapecó, a secretaria de Saúde fará seis mil cirurgias eletivas que estão represadas desde a pandemia, algumas até há mais tempo.

“São cirurgias ortopédicas, de catarata, hérnia de disco, entre outras, em parceria com os hospitais, que faremos gradativamente”, disse o prefeito.

QUARTA ECONMIA DE SC

Na área econômica, o prefeito destacou que a cidade está crescendo próximo de 30% e vai passar de sexta para quarta economia do estado. Só em ICMS o crescimento será de R$ 600 mil por mês, graças principalmente ao agronegócio, setor metalmecânico e de combustíveis, segundo o secretário da Fazenda, Moacir Rohr. Três mil novas empresas foram criadas neste ano e, quatro mil novos empregos gerados.

Também foi anunciado que os números de arrecadação do município sinalizam para uma melhor posição no ranking estadual. Com a exportação de carnes que não parou durante a pandemia, acredita-se que Chapecó passe a ser a quarta economia do estado ainda este ano.

COVID-19

O prefeito destacou a ação no enfrentamento da pandemia, como a abertura do Hospital de Campanha, ampliação de leitos no HRO, Ambulatório Verdão e Lockdown Inverso.

Rodrigues destacou ainda que o município chegou a ficar dez dias sem óbitos por Covid e anunciou que vai seguir o decreto estadual, que liberou horários de bares e restaurantes conforme alvará.

CONSTRUÇÃO CIVIL

Na iniciativa privada no primeiro semestre de 2021 a Prefeitura autorizou a licenças para a construção de 804 mil metros quadrados. No ano passado, no mesmo período, foram 285 mil metros quadrados liberados.

“Isso é um crescimento de 250%, o que mostra que o setor privado está acreditando nas ações da Administração e no desenvolvimento de Chapecó”, disse Rodrigues.

EDUCAÇÃO

Na Educação foram anunciadas obras como o Centro Multiuso do Esplanada e um Centro de Educação Infantil Mário Lanznaster, que será construído no bairro Efapi, com 800 vagas, para atender principalmente as famílias que trabalham nas agroindústrias. Esta obra será construída na Rua Cunha Porã, próximo à creche Adelina Carlesso, no acesso à Penitenciária.

INFRAESTRUTURA

Na área da infraestrutura foi inaugurada a nova usina de asfalto e, com a projeção de novos financiamentos, a meta é pavimentar 100% da área urbana.

Na próxima quinta, 22, o governador Carlos Moisés da Silva estará em Chapecó para assinar outros convênios, entre elas o Elevado da Bandeira e o novo Pavilhão do Parque de Exposições Tancredo Neves.

RESTAURANTE BANDEJÃO

Foto: Divulgação/PMC

A reportagem da Folha Desbravador questionou o prefeito sobre a reabertura dos restaurantes populares da cidade. Em 2019 foram servidas cerca de 240 mil refeições a preço de R$ 3 cada e o serviço foi suspenso em março do ano passado por conta da pandemia.

Rodrigues disse que não a Prefeitura não tem data para a reabertura, mas enfatizou que o serviço terá mudanças.

“Teremos que fazer um cadastramento de quem pode utilizar o Bandejão. Há muitos casos de pessoas que teriam condições de pagar pelo almoço, mas iam para o Bandejão por que a comida é de qualidade e barata. Outros que realmente precisam deste serviço não se sentiam à vontade para ir ao local. Por outro lado acabava por prejudicar o movimento de restaurantes nas proximidades”, disse.